Estações do Metrô-DF

No projeto do Metrô-DF, nem todas as estações funcionam para embarque e desembarque. Nem todas as cidades são atendidas.


O Metrô-DF possui duas linhas, a saber a laranja e a verde, com um trecho em comum que ambas usam o mesmo trilho. A linha laranja atende as cidades de Samambaia e Taguatinga (sul), antes de dividir trilho com a outra linha.

Dá mesma forma a linha verde que atende as cidades Ceilândia e Taguatinga Norte antes de juntar-se no tronco central. Veja o mapa a seguir concentrando na parte à esquerda, até a junção do Y.

Mapa do Metrô-DF.

Os trilhos do metrô tem o formato de Y, com a parte central passando pelas cidades de Brasília, Guará e Águas Claras. A estação de Águas Claras serve para além do embarque e desembarque, fazendo a baldeação entre as linhas verde e laranja.

Estimativa de tempo de viagem

O tempo de viagem estimado do tronco central, partindo da estação Central até a estação Águas Claras é de 25 minutos com o tempo seco e 30 minutos com chuva.

Considerando somente a linha verde (Ceilândia), para fazer todo o percurso, o tempo estimado é de 45 minutos com o tempo seco, em dias de chuva a viagem pode chegar a 1h e 10 minutos.

Para a linha laranja (Samambaia), para fazer todo o percurso, o tempo estimado é de 40 minutos com o tempo seco, em dias de chuva a viagem pode chegar a 55 minutos.

Todas as cidades são atendidas?

Uma boa pergunta a se fazer é “quais regiões do DF não são atendidas?”. A resposta para essa pergunta pode ser dada olhando o mapa do projeto do Metrô-DF, veja a seguir.

Mapa do projeto de expansão do Metrô-DF.

Vendo o tamanho da malha de trilhos, fica visível que as cidades de Sobradinho, Itapoã, Paranoá, Lago Norte, Lago Sul, São Sebastião e Planaltina não são contempladas hoje e nem nessa expansão. Essas são algumas delas, a lista completa é bem maior, sem falar na população que não poderá ser atendida.

Observando o projeto há algumas partes que poderão ser implantadas em Brasília, Aeroporto e duas novas estações para a linha de Ceilândia e Samambaia. O ponto central permanece na estação Central, na rodoviária do Plano Piloto, que concentra também todas as linhas de ônibus do DF.

Como funciona a integração entre ônibus e metrô

A integração é uma forma de benefício para o passageiro fazer até três embarques, considerando o mesmo sentido de viagem por um período de até 3 horas.

A integração considera o maior valor de embarque, tendo valor acrescido caso o próximo seja maior que o anterior, até o limite da tarifa do metrô, que geralmente é o valor mais alto no DF.

Para exemplo considere o valor de R$ 4,50 para a tarifa do metrô e R$ 2,00 para qualquer ônibus. Sendo assim é possível fazer três embarques em ônibus pagando a soma das tarifas, até chegar a R$ 4,50.

Também é possível fazer o embarque de metrô e ônibus, sem se preocupar com ordem, pagando no máximo R$ 4,50.